Técnica do Chute


TÉCNICA DO CHUTE

Com o intuito de colaborar com alguns acertos, sendo que o ideal é estudar com as técnicas aqui registradas, apresento a seguir uma técnica de chute.

Mas isso só vale para aquelas provas em que os erros não descontam acertos.

Alguns examinadores dividem exatamente o gabarito pela quantidade de alternativas das questões. Por exemplo: se uma prova tem cinqüenta perguntas e se são cinco alternativas em cada uma (de “a” a “e”), significa que dez questões terão a resposta “a”, dez a “b”, e assim sucessivamente até a “e”.

Por isso, basta anotar ao longo da prova quantas respostas você sabe com certeza e a quais letras (“a” a “e”) essas respostas correspondem. Aí basta registrar todas as demais alternativas das outras questões naquela cuja letra tem a menor quantidade entre as certas.

Por exemplo: se em uma prova de 50 questões você tem certeza que acertou 30 e apurou que foram 8 a letra “a”, 7 na letra “b”, “6” na letra “c”, 5 na letra “d” e “4” na letra “e”, significa que terá que anotar em todas as demais respostas a letra “e”, garantindo assim mais seis respostas corretas, aumentando sua quantidade de respostas certas para 36. São 72% de acerto.

Faça você um chute aleatório e veja quantas acertaria além das trinta. Porém, antes peça para alguém fazer um gabarito completo com as 50 respostas, 10 perguntas para cada letra e você sem olhar esse gabarito escolhe trinta delas. Nas restantes você chuta aleatoriamente e veja quantas acertou. Depois, refaça com esta técnica do chute.

O ruim será se o examinador não dividir igualmente o gabarito pela quantidade de alternativas em cada pergunta.

Mas para não depender do chute, estude com técnica, planejamento e administração eficaz do tempo.

Sobre Denis Wesley

Pode invadir ou chegar com delicadeza Pode invadir ou chegar com delicadeza, mas não tão devagar que me faça dormir... Não grite comigo, eu tenho o péssimo hábito de revidar... Tenha vida própria, me faça sentir saudades... Conte umas coisas que me façam rir... Acredite nas verdades que digo e nas mentiras, elas serão raras, mas sempre por uma boa causa... Respeite meu choro... Deixe-me sozinho, só volte quando eu chamar, e não me obedeça sempre é que eu também gosto de ser contrariado... Invente um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o inverta as vezes... Então: Sou Denis Wesley, muito prazer.

Publicado em 02/04/2011, em Vida pós-universidade. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: