Curso de Extensão (IUPERJ): SOCIOLOGIA DA MENTIRA


CARGA HORÁRIA:

8h.

OBJETIVO:

O objetivo central é discutir, a partir de uma bibliografia específica, a forma como a Sociologia e a Antropologia tem lidado com este tema. Elaborações teóricas e estudos de caso serão utilizados para refletir sobre a mentira, como categoria analítica, e como ela é parte fundamental das relações sociais.

JUSTIFICATIVA:

A problemática em torno da mentira, em geral, tem recebido atenção de áreas do conhecimento como a psiquiatria ou a psicologia. Por outro lado, quando evocada popularmente, é constantemente avaliada a partir de critérios morais. Falta, portanto, uma apreciação de cunho sociológico sobre a mentira e suas implicações na vida cotidiana.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

Aula 1 – O que é a mentira e de que modo ela está presente na sociedade.

Aula 2 – A mentira tomada como uma categoria analítica tal como observada por autores da Antropologia e da Sociologia.

Aula 3 – A mentira e o segredo no exercício etnográfico.

Aula 4 – Discussão de um estudo de caso envolvendo um grupo de pescadores artesanais e reflexão conjunta sobre como a mentira estrutura relações sociais.

EMENTA:

Mentira como conceito; mentira como categoria analítica; teorias sociológicas e mentira; etnografia e mentira.

BIBLIOGRAFIA:

BARNES, J.A. Um Monte de Mentiras. Para uma sociologia da mentira. Campinas/SP: Papirus, 1996.

COLAÇO, José; VOGEL, Arno & VALPASSOS, Carlos. História de Pescador: O direito do ponto de vista nativo. In: Revista Arquivos de Direito, Ano 7, n. 9, v. 1, 2007.

GEERTZ, Clifford. O Senso Comum como um Sistema Cultural. In: _____. O Saber Local. Petrópolis: Vozes, 2000.

GOFFMAN, E. A Representação do Eu na Vida Cotidiana. Petrópolis: Vozes, 1975.

SIMMEL, Georg El Secreto y La Sociedad Secreta. In: _____. Estudios sobre las formas de socialización. Madrid: Alianza Editorial, 1986.

PÚBLICO ALVO:

Profissionais oriundos de diferentes áreas de formação interessados em aperfeiçoar seus conhecimentos no campo da teoria sociológica e antropológica. O curso pretende fornecer um quadro teórico sólido para professores das diversas áreas das Ciências Humanas, pesquisadores, técnicos com atuação no serviço público (municipal, estadual e federal), profissionais que atuem em ONG’s, institutos de pesquisa e projetos sociais de uma maneira geral.

CURRÍCULO RESUMIDO

José Colaço é doutor em Antropologia pela Universidade Federal Fluminense, sub-chefe do Departamento de Ciências Sociais do Iuperj e pesquisador do Núcleo Fluminense de Estudos e Pesquisa (NUFEP-UFF). Tem se dedicado ao estudo de povoados pesqueiros artesanais, conflitos e políticas públicas no Brasil e em Portugal

DIAS

Terças e quintas dias 02/10- 04/10-09/10-11/10

HORÁRIOS

14:00h às 16:00h

TOTAL DE VAGAS 40

VALOR DO CURSO R$100,00

LOCAL Pça Pio X nº 7

 

Sobre Denis Wesley

Pode invadir ou chegar com delicadeza Pode invadir ou chegar com delicadeza, mas não tão devagar que me faça dormir... Não grite comigo, eu tenho o péssimo hábito de revidar... Tenha vida própria, me faça sentir saudades... Conte umas coisas que me façam rir... Acredite nas verdades que digo e nas mentiras, elas serão raras, mas sempre por uma boa causa... Respeite meu choro... Deixe-me sozinho, só volte quando eu chamar, e não me obedeça sempre é que eu também gosto de ser contrariado... Invente um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o inverta as vezes... Então: Sou Denis Wesley, muito prazer.

Publicado em 29/09/2012, em Extensões Universitárias. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: